segunda-feira, 25 de fevereiro de 2013

MITOLOGIA GREGA - EROS, O DEUS DO AMOR



SURGIMENTO

(do grego Éros) significa desejo incoercível dos sentidos personificados. É o deus do amor e segundo Hesíodo, seria o mais belo de todos os deuses. Ainda segundo o autor, Eros é assim como Gaia, Tártaro, um dos deuses primordiais surgidos na cosmogonia a partir do Caos.

Eros não chega a ser um deus todo poderoso, ele está mais assimilado a uma força, uma energia inquieta sempre em busca de seu objetivo de plenitude. Eternamente insatisfeito e inquieto por não atingir de fato a mesma. É também a força irresistível que atrai os elementos, surgindo assim como o principio da vida. Em teorias mais recentes ele pode ser filho de Afrodite, deusa do amor, com Ares, deus da guerra.

REPRESENTAÇÃO

Eros é sempre retratado como um garotinho alado, de cabelos louros, com aparecia de inocente e travesso que jamais cresceu (que sem dúvida simboliza a eterna juventude do amor profundo). Portando um arco e flecha e até mesmo com uma tocha acesa. Sempre pronto a atingir de forma certeiras suas flechas "envenenadas" com amor e a paixão. Os alvos sempre sendo a região do coração e do figado. 

Em várias culturas a aljava, o arco, a flecha, a tochas e os olhos vendados simbolizam que o amor se diverte com todas as pessoas de que ele domina, pois o amor é cego, e avassalador.


BIBLIOGRAFIA: 
  • Hacquard, Georges, Dicionário da Mitologia Grega e Romana. 
  • Junito de Souza Brandão, Mitologia Grega Vol I, ISBN 8532604072 
*.Imagens retiradas aleatoriamente do google imagens

LEIA MAIS SOBRE MITOLOGIA GREGA EM:

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

VAMOS LÁ DÊ A SUA OPINIÃO, PARTICIPE E COLABORE PARA MELHORAR O BLOG