terça-feira, 18 de maio de 2010

REPÚBLICA ROMANA - GUERRAS PÚNICAS - INTRODUÇÃO

Ola meus amigos amantes da historia, hoje inicio a serie de artigos sobre as guerras púnicas, onde a república Romana, entrou em guerra com a república de Cartago. Este é um dos períodos mais interessantes e importantes para a história de Roma, após as guerras púnicas muitas coisas mudariam em Roma, como veremos no decorrer destes artigos. então sem mais delongas, vamos em frente e que Marte nos guie. 







Denominada como guerras púnicas, foram as 3 guerras entre os povos romanos e cartagineses, povo de origem fenícia, de onde deriva a palavra púnica, originaria do Latim (Punici) (de Poenici, ou seja, de ascendência fenícia), nome dado aos Cartagineses pelos Romanos.


O período de conflitos entre as duas potências tem inicio em 264 a.c. e teve o seu fim em 146 a.c. e ao fim dos conflitos Cartago foi completamente destruída.




UM POUCO SOBRE CARTAGO.


Pouco se sabe sobre Cartago, tendo em vista que após o fim das guerras 
púnicas, todos os documentos, literatura sobre os cartagineses foi completamente destruído, quando os Romanos, incendiaram a cidade. 


Cartago, inicialmente era um entreposto comercial apenas, fundada pelos 
fenícios no século 9 a.c. no litoral norte da África, onde hoje fica a Tunísia. 
O nome Cartago vem de Cart Hadacht, que significa "cidade nova". 


Os cartagineses detinham o controle do comercio no mar mediterrâneo, negociando ouro,  prata, estanho, marfim, escravos, tecidos púrpura,bijuterias, armas, cerâmicas, cereais e azeite. Desta forma fundaram enumeras colonas no oeste da Sicília, nas  ilhas Baleares, na Península Ibérica e na Sardenha, bem como no litoral africano.


Os maiores concorrentes comerciais de Cartago eram as cidades da Magna Grécia, contra as quais Cartago lutava, inclusive, pelo controle da Sicília, região produtora de vinho, azeite e cereais. Palermo, atual capital da Sicília, foi fundada pelos cartagineses.




RIVALIDADES




As rivalidades tem inicio quando Roma derrota Pirro e toma para se o controle 
da Magna Grécia, incluindo as suas cidades mais ricas como Tarento e Palermo, 
o que incomodou Cartago, pois agora eles tinham um poderoso rival, uma potência militar e econômica. 


Militarmente Cartago era um potencia, não tendo porque temer Roma, pois Cartago possui  melhor cavalaria que a romana, inúmeros aliados, com obrigações em termos de que se houvesse uma guerra, teriam que atender a Cartago. e o seu diferencial em batalha, seus elefantes de guerras, enfrentado pelos romanos contra Pirro (Leia mais aqui).
O ponto fraco dos exércitos cartagineses, eram suas infantarias, compostas 
em sua maioria por mercenários (homens que lutava por dinheiro). 
Cartago possuía também a melhor marinha, o que lhe assegurava uma grande vantagem sobre Roma. 


As duas potencias vão combater pelo controle do mediterrâneo, e por supremacia como veremos a seguir nas guerras púnicas propriamente ditas. 
Não percam os próximos artigos. 




Um Abraço a todos. 
Alea Jact Est. 

Reações:

1 comentários:

Parabéns pelo seu post amor!! Cada dia melhor....

Postar um comentário

VAMOS LÁ DÊ A SUA OPINIÃO, PARTICIPE E COLABORE PARA MELHORAR O BLOG